top of page

NOSSA SAÚDE E O “NOVO NORMAL”

Com a chegada da pandemia, as autoridades de saúde mundial, a fim de reduzir a propagação do coronavírus, responsável pelo desenvolvimento da COVID-19, tomaram como principal medida o isolamento social.

Tal medida causou uma mudança radical nos costumes de nossa sociedade, que além do medo de ser contaminado, a restrição do contato físico até entre familiares, o fechamento dos estabelecimentos comerciais, dentre outras medidas, acabou repercutindo na saúde mental e física das pessoas e que num futuro próximo poderemos observar o surgimento de patologias relacionadas.

Com a intensificação da implementação do trabalho no chamado “home-office”, muitas pessoas passaram a desenvolver suas atividades laborais em suas residências.

Nossas residências, de modo geral, podem dispor de um certo conforto, todavia, em se tratando de posto de trabalho, estas não foram planejadas para o desenvolvimento de atividades laborais. Desta forma, o uso continuado dessas instalações poderá comprometer nossa saúde física e mental.

A utilização de mobiliários inadequados, as tensões musculares pelo stress do momento, o sedentarismo proporcionado pelo isolamento social ensejará no surgimento de alterações fisiológicas, posturas inadequadas que poderão levar ao aparecimento de diversas patologias, tais como: hipertensão arterial, dores nas regiões cervical e lombar, dores nas pernas, etc...

Ao perceber tais sintomas, procure um profissional adequado para orientações.

O quanto antes iniciar o tratamento, menores serão as consequências.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


Post: Blog2_Post
bottom of page